Silenciando o CLI do asterisk

Quem costuma utilizar a console CLI do asterisk seja para uma simples análise em tempo real, ou para testar comandos diversos, ou mesmo consultar a ajuda dos comandos ou qualquer outro fim, por vezes se depara com um tráfego muito alto de informações o que acaba por atrapalhar a leitura das informações.

A maneira de interromper  esse tráfego, é utilizando o comando “logger mute“.  Esse comando alterna a saída de log na console, ou seja, digitando o comando uma vez, ele “cala” o processo de saída de log e digitando novamente, é reabilitado o processo de log.

Uma vez estando habilitado, você verá na console apenas os resultados dos comandos que você executar, até que desabilite o mute redigitando o comando. Isso é uma mão na roda quando se está em ambiente de produção com muitas ligações e logins AMI rolando na tela.

 

Logger mute

resultado da execução do comando “logger mute” na CLI

Existem ainda outros usos para o comando “logger” que você pode descobrir quais são, digitando “help logger” na linha de comando. Porém um outro que também é recomendado quando se está utilizando a console para debugar ou analisar algum problema ou situação, é o comando logger set level, que permite habilitar/desabilitar um nível de log específico nesta console, dentre os seguintes tipos:  DEBUG, ERROR, NOTICE, VERBOSE, WARNING e DTMF.

Caso queira saber como fazer o mesmo na interface AMI do asterisk, veja meu outro post “silenciando a saída AMI do asterisk”.

Siga-me

Claudio Eden

Profissional da área de Tecnologia da Informação desde 1986, graduado em Gestão de TI, graduando em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e cursando especialização em Engenharia e Arquitetura de Software.

Sólidos conhecimentos em infra-estrutura de TIC e Service Desk. Larga experiência em gerenciamento de equipes e contratos, Aderência aos princípios de governança de TIC. Conhecimento dos padrões e melhores práticas de mercado para TIC baseado em ITIL.

Atuando oficialmente com Asterisk desde 2010, gerenciou a plataforma em Contact Center com grande volume de ligações e desenvolveu um projeto cuja base é o Asterisk.
Siga-me